Arquivo para julho, 2010

MEDO

Posted in Não categorizado on 30 de julho de 2010 by waleskapink
O Medo: O Maior Gigante da Alma 


       (Fernando Teixeira de Andrade)

Para quem tem medo, e a nada se atreve, tudo é ousado e perigoso. É o
medo que esteriliza nossos abraços e cancela nossos beijos; que proíbe e
nos coloca sempre do lado de cá do muro. Esse medo que se enraíza no
coração do homem impede-o de ver o mundo que se descortina para além do
muro, como se o novo fosse sempre uma cilada, e o desconhecido tivesse
sempre uma armadilha a ameaçar nossa ilusão de segurança e certeza.


O Medo, já dizia Mira Y Lopes, é o grande gigante da alma, é o mais
forte e a mais atávica das nossas emoções. Somos educados para o medo,
para o não-ousar e, no entanto, os grandes saltos que demos, no tempo e
no espaço, na ciência e na arte, na vida e no amor, foram transgressões,
e somente a coragem lúcida pode trazer o novo, e a paisagem vasta que
se descortina além dos muros que erguemos dentro e fora de nós mesmos.


E se Cristo não tivesse ousado saber-se o Messias Prometido? E se
Galileu Galilei tivesse se acovardado diante das evidências que hoje
aceitamos naturalmente? E se Freud tivesse se acovardado diante das
profundezas do inconsciente? E se Picasso não tivesse se atrevido a
distorcer as formas e a olhar como quem tivesse mil olhos?


"A mente apavora o que não é mesmo velho",

canta o poeta, expressando o choque do novo, o estranhamento do desconhecido.

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a
forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam
sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e se não ousarmos
fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

Anúncios

GENTE

Posted in Não categorizado on 29 de julho de 2010 by waleskapink
Eu quero mais que uma palavra
Quero gestos sinceros
Quero olhar nos olhos…

Eu quero mais que uma poesia
Quero amizade verdadeira
Seja noite, ou seja, dia…

Eu quero gente que venha sempre Quando menos achar que eu preciso .

Não quero gente que apenas peça, mas gente que também agradeça.

Não quero gente que sorria Quando eu estiver sorrindo Isso é fácil!!!
Quero gente que chore
Quando eu estiver chorando.

Não quero gente que não diz o que pensa Só pra não magoar…
Verdades doem menos que frases falsas.

Não quero gente que venha pra ter números…
Mas gente que venha por de fato
me querer bem.

Quero gente que sinta falta de mim não por que tenho algo a oferecer mas pela simples necessidade da minha presença

Quero gente que emudeça quando falo mas que tenha capacidade de me deixar calado.

Quero gente que não faça me sentir um inútil por tela ao meu lado mas que eu tenha orgulho de ter adquirido uma bela companhia.

Quero gente que possa me enaltecer quando tenho razão mas quando eu não tiver que não venha me pisar no chão .

Quero me sentir querido sem vaidades E não me sentir traído por futilidades.

Quero poder ser gente ao lado de uma gente que eu tenha orgulho de chamar de GENTE.

Há tanto tipo de gente.
Gente pra todo lado, Sem passado, Sem raiz.
Gente infeliz.
Gente que está por um triz

pelas ruas a vagar

à procura de um lugar.

Gente grande, poderosa.
Com essa não quero prosa.
É gente pequena, Obscena, Covarde,

Gente que humilha, sem piedade.

Gente que não deixa saudade.
Gente que só faz contar,

Gente que não sabe amar.
Gente que está de passagem,

é triste, sem mensagem.

Gente distante, mas presente.
Gente próxima, mas ausente.
Gente na janela,

Gente feia, gente bela.

Gente que se faz notar,
Gente que veio pra ficar
e gente que ainda vai chegar.

Gente bonita, simples, chique.
Gente amarga, feia, só tem chilique!

Gente que faz intriga.
Gente boa, amiga.

Gente que encanta, conquista,
Gente que some, não deixa pista.

Gente que alivia seu cansaço,
te traz pro peito, num abraço.
Gente que já partiu,

Ninguém sabe, ninguém viu.

Gente amada, querida,
Gente que mudou a sua vida.

Gente que tem o dom,
Gente que é tudo de bom.

Gente contente,
que encanta a gente.

Sou eu, é você.
Nesse aqui,
Naquele ali.
Em todos que se vê.

Gente é eterno aprendiz
de como ser gente feliz.

ELES…

Posted in Não categorizado on 20 de julho de 2010 by waleskapink
Prá que quero aquilo
Se já tenho isso
E isso me faz dançar
A cabeça cismou com aquilo
Aquilo quero
Com isso
Dançarei melhor
Talvez não
Sem isso e aquilo

Coisas da Percepção…

A JANELA

Posted in Não categorizado on 20 de julho de 2010 by waleskapink
Vou fazer uma janela
Só prá mim
Vou fazer um sonho
Com muitas flores
E um sol bonito
Para apreciar
Na minha janela
Nunca vai haver tempestades
Só lugares lindos
Para alegrar…

buraco
abertura
fresta
entrada
visual
interface
ventilação
insolação
luz
Ar…

Vou fazer uma janela
Que tem seu rosto
Pois você para mim
Eras uma janela
De alegria e felicidade
Da qual podia ver as ruas
Do mundo, refletindo em
Corações de gentes
A arte de ser feliz
Quando a abro todas as manhãs
Encontro uma pagina nova…
( DDA para Rosinha)

F-R-A-G-M-E-N-T-A-D-A

Posted in Não categorizado on 13 de julho de 2010 by waleskapink

Fragmentada

 

Sou toda de sentimentos, retalhada.
De uma sensibilidade doída! Doida.
Assimetria reunida em totalidade.
Parcela de identidade num cosmo de vida!

Sou o desequilíbrio andante.
Uma plenitude desigual!
Sou equiparável lua em céu escuro…
De definidas fases… de magia irregular!

Sou matriz e filial.
Um tudo-nada que nada é!
Sou partícula de uma perfeita imperfeição.
Um alguém à procura de si!

Sou uma dose de amor
que se oferece ao tempo presente.
Sou um punhado de complexidade incoerente!

Sou porção de nada
que se transforma em tudo
para o Divino Rei da Criação!

VIVER É INSISTIR

Posted in Não categorizado on 12 de julho de 2010 by waleskapink
Viver é insistir.
Os dias nem sempre são felizes, mas é preciso agarrar – se  e tornar intensas as pequenas gotas de felicidade que surgem quando a gente nem percebe.
Nos meus raros momentos de lucidez, eu consigo perceber o quão egoista sou.  
Já dizia Clarice: "É PRECISO VIVER APESAR DE…"
Tentando fazer disso um motivo, quando todos os outros motivos se tiverem partido.




As coisas não estão bonitas por aqui.
Nem exalam aquele perfume que dá a calma e a paz.
Algumas mudanças não estão ao nosso alcance.
E tudo o que nos cabe é ter paciência e esperança de que tudo volte a fazer sentido.

O PRÍNCIPE E O LOBO MAU

Posted in Não categorizado on 12 de julho de 2010 by waleskapink

Vantagens ao se apaixonar por um Príncipe:

1- Um príncipe não é cafageste… ou pelo menos não deveria ser…
2- Um príncipe ama sua princesa incondicionalmente e jamais a trairia…
3- Um príncipe vai te fazer feliz para sempre… e sempre… e sempre… por toda a eternidade… aff… Saco isso! ¬¬’
 
 

Vantagens ao se apaixonar por um LOBO MAU:

1- Um LOBO MAU tem pegada, é como lava fervente, ama a Chapeuzinho e a deseja com ardor, muito embora não venha com garantia de fidelidade…
2- Um LOBO MAU faz a Chapeuzinho virar MULHER GATO e subir pelas paredes…
3- Um LOBO MAU vira do avesso a Chapeuzinho, pondo-a em cima da mesa da vovó e a devora I-N-T-E-I-R-A, sem nem parar pra respirar.