Arquivo para fevereiro, 2009

Posted in Não categorizado on 13 de fevereiro de 2009 by waleskapink
Anúncios

A mulher de sagitário

Posted in Não categorizado on 13 de fevereiro de 2009 by waleskapink

A Mulher de Sagitário – 22.11 a 21.12

Existe dois tipos de sagitariana: as passivas e fracas que aceitam tudo sem levantar a cabeça, e as ORIGINAIS! Se o seu caso é o primeiro, não perca tempo lendo esta matéria. Nem sempre ela dirá coisas que você quer ouvir; na maioria das vezes, ela vai deixá-lo arrepiado com suas observações desconcertantes e francas. Mas, de vez em quando, dirá coisas tão maravilhosas que vão fazê-lo dançar de felicidade. Ela talvez seja um pouco franca demais porque vê o mundo tal como ele é. Ela não gosta de mentiras, e dificilmente alguma mulher de Sagitário costuma mentir – a menos que tenha um ascendente em Capricórnio, esta mulher dificilmente conseguirá convencer as pessoas quando estiver contando uma mentira. E a gente tem que admitir que isso é uma ótima qualidade, não é? As sagitarianas são muito independentes, e ambos os sexos mantêm uma certa distância aos laços familiares. Quando quiser que ela faça algo, peça-lhe: não tente mandar nela. A técnica dos homens das cavernas não funciona com esta mulher. Ela não nasceu para ser mandada, odeia ter que receber ordens e abomina todo homem que tente aprisioná-la. Ela gosta de ser protegida, mas não gosta de ser mandada. Se nem mesmo seu pai consegue dominá-la, não vai ser qualquer um que vai achar que pode lhe dar ordens! A sagitariana não é de abrir mão da própria personalidade e da independência por homem algum. Deve ser por isso que as sagitarianas – logo atrás das aquarianas – representam o maior número de mulheres divorciadas
 
Quanto mais nervosa ela fica, mais sarcástica e cínica se torna. A sagitariana pode mandá-lo para o inferno com um grande sorriso nos lábios e ainda ridicularizá- lo na frente de todos, como se estivesse se divertindo. Ela tem essa capacidade de torná-lo o bobo da corte, e ainda sair por cima como se nem tivesse sentido a força de suas ofensas. Mas nem sempre ela será tão "amável" assim, quando estiver realmente irritada. Enfrentar a raiva desta mulher não é a melhor coisa do mundo. Como todo sagitariano (homem ou mulher), ela não é de armar o barraco, mas se resolver fazê-lo é melhor se esconder até a tempestade passar. Afinal, não é prudente brigar com um signo que é metade gente, metade cavalo, e a metade humana ainda está armada! Feliz daquele que tem a sorte de ter uma mulher de Sagitário como amiga. Ela alegrará suas festas, será sua melhor confidente e sempre estará ao seu lado quando todos os seus amigos tiverem abandonado o barco. Ela é tão generosa, paciente e atenciosa com todos os amigos, que seu telefone dificilmente fica muito tempo sem tocar. Se repararem bem, a maioria das sagitarianas sempre recebem telefonemas de amigos que nunca conseguem esquecê-las, mesmo que estejam distantes. Ela é uma das poucas mulheres que costumam ter amigos de infância. Sim, eu disse amigos. Os mesmos que rolavam com ela na rua enquanto jogavam bola, e que um dia perceberam que aquela garota com jeito desajeitado de moleque, que andava descalça, um dia se tornou uma linda mulher.
 
Tentem reparar em uma sagitariana andando. Vejam como a maioria costuma andar com o nariz empinado, parecendo um cavalo puro sangue. Vejam como ela é uma mulher elegante e confiante, mesmo quando tropeça e sai derrubando tudo pelo caminho! Sim, a coisa mais difícil de encontrar é uma sagitariana que não seja um pouco desajeitada. Também costuma ter uma atitude um tanto displicente em relação a envolvimentos amorosos, o que pode levar algumas pessoas a achar que é uma mulher fria e insensível. Puro engano! Ela se emociona ao assistir a um filme triste e sonha com você durante as noites em que estiver solitária, mesmo que nunca confesse isso. É possível que ela tenha guardado todos os bilhetes de amor que você escreveu, restos de flores que enviou e a primeira entrada do cinema a que foram juntos. Mas não espere ver este seu tesouro tão cedo! A sagitariana não gosta de revelar seus segredinhos de amor. Deixar que você veja esses segredos é assumir que está apaixonada. E ela odeia sentir-se fragilizada! Quando esse romance acaba, por dentro ela pode estar chorando, mas responderá com tanta inteligência e habilidade às perguntas dos amigos, que todos pensarão que tudo não passou de um simples namorico de verão. Mal sabem como ela pode estar arrasada por dentro. A idade realmente não importa quando o assunto é a sagitariana. Elas permanecem meninas mesmo quando envelhecem. E elas adoram ser tratadas como meninas sapecas que não param no canto, sempre prontas a correr na rua com os garotos! E, é essa alegria de viver, esse eterno otimismo que enfeitiçam os homens de bom gosto! Nenhuma mulher pode ser tão apaixonada pela vida quanto a sagitariana, e transmitir esse amor por todos os cantos por onde passa. Estar ao seu lado é viver o bom humor e acreditar no futuro. Não importa que ela tenha milhões de amigos que ocupam grande parte do seu tempo, nem que passe o tempo todo planejando viagens ou sonhos que ainda quer realizar
 
Amar uma mulher de Sagitário é recompensador e nunca é monótono. Não importa que ela não tenha aprendido a dizer o quanto te ama – para ela, isso é difícil. Quem já teve a felicidade de estar apaixonado por sagitarianas sabe que a melhor maneira que elas têm para demonstrar o que sentem é pela ação. Nenhuma mulher beija tão gostoso ou erradia tanta vida e alegria quanto um anjinho de Sagitário que chegou à conclusão – após passar várias noites em claro – de que o que sente por você não é amizade, mas amor! E, quando as setas do arqueiro penetram em nossos corações, não há magia no mundo que possa nos livrar do poder do amor de uma sagitariana!
 
 
 
 
 
 

Eu sou inteira.

Posted in Não categorizado on 13 de fevereiro de 2009 by waleskapink
Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta. A gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais agradável. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Só não disseram que existe muito mais cabeça torta do que pé torto… Ah, também não contaram que ninguém vai contar isso tudo pra gente. Cada um vai ter que descobrir sozinho. E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém." (John Lennon)

UM DIA

Posted in Não categorizado on 13 de fevereiro de 2009 by waleskapink
Um dia acorda-se… Com uma dôr no peito. Uma mágoa que teima em não abandonar a alma. Que prende o coração ao que já passou mas continua ali, a querer sobrevivêr. Vive de esperança, de recordações de coisas boas…

Um dia acorda-se… O Amôr continua lá. Bem fundo… Nada sabe bem. O espírito, inquieto, nega-se a repousar. A casa deixou de o sêr. O emprego, um tormento de horas sem fim, que não deixa o coração esquecer por muito trabalho que haja…

Um dia acorda-se… Tudo o que passou desde então foi tempo perdido. Sentimentos que não se encontraram noutro lado. Desespera-se… O que é certo ou errado ? Realidade adiada ou ilusão vivida ?…

Uma noite, parte-se. O carro não pára. Sagres. O mâr. O Anjo-da-Guarda dos barcos ilumina os perigos. Entre a passagem das luzes, o céu. Estrelado, lindo…
Despido de mim. As fragilidades, as verdades, as realidades. Completamente despido…

Uma noite, chora-se. Tudo o que resta chorar. Tudo o que resta perder. Recorda-se todos os momentos mágicos. Viaja-se por todos os sítios por onde se viveram todos os sorrisos, todos os beijos, todo o amôr. Para lá nunca mais voltar…

Um dia acorda-se. Com a alma limpa. O Amôr ainda lá dentro. Já não dói…